logo

O Fato Novo do Sultão e Outros Contos

  • Home
  • /
  • Catálogo
  • /
  • O Fato Novo do Sultão e Outros Contos
pdf Veja por dentro
  • Autor
  • Coleção
  • ISBN 9789895640294
  • PVP 10.99 € (IVA incluído)
  • preço fixo até
  • 1ª Edição março 2021
  • Edição atual 1
  • Páginas 64
  • Apresentação capa dura
  • Dimensões 130x198x10 mm
  • Idade 9+
  • Disponibilidade
    Disponível
  • Comprar

Histórias antigas para novos leitores

Os contos presentes neste livro são retirados da obra Contos para a Infância, publicada em 1877, por Guerra Junqueiro. Apesar de não serem da sua autoria, mas sim adaptações de histórias tradicionais, neles estão patentes as preocupações pedagógicas, sociais e culturais deste autor. Os valores subjacentes — a bondade, a justiça, a solidariedade, a honestidade, a gratidão, entre outros — são transmitidos de forma simples e construtiva.

As ilustrações bem-humoradas de Elias Gato são o complemento perfeito destes textos que têm sido apreciados por várias gerações de leitores.

Edição especial com encadernação em capa dura.

ILUSTRADOR - ELIAS GATO

Nasceu na Suíça, em 1989, e vive em Castro Marim, no Algarve. É licenciado em Pintura pela Faculdade de Belas-Artes de Lisboa e mestre em Ensino de Artes Visuais do 3.º Ciclo e Secundário. Trabalha como professor e ilustrador freelancer. É ainda impressor gráfico, escritor, editor (na sua editora fictícia Edições Punhefla) e formador. Foi o vencedor da 2.ª edição do Prémio de Literatura Infantil do Pingo Doce, na categoria de Ilustração (2015).

 

Guerra Junqueiro (1850–1923) é o nome por que ficou conhecido Abílio Manuel Guerra Junqueiro. Figura de relevo da Cultura Portuguesa, exerceu vários cargos e deixou uma extensa obra, como poeta, prosador, jornalista e político. A passagem pelo curso de Teologia e a licenciatura em Direito terão influenciado o seu percurso, a adesão ao Realismo e a preocupação social e cívica. Guerra Junqueiro defendia a importância da educação (estética, académica, ética) como forma de contrariar o atraso de Portugal. A publicação, em 1877, da obra Contos para a Infância faz parte deste desígnio.